Março Azul – O STIAP apoia essa conscientização!

O câncer colorretal foi escolhido como foco no mês de março por se tratar do terceiro câncer mais comum entre homens e mulheres no país. A escolha do mês se deu porque ele abriga o Dia Nacional de Combate ao Câncer de Intestino, 27 de março, e a data é lembrada em todo o país como símbolo pela prevenção e tratamento da doença.

 

No câncer colorretal, os tumores aparecem no cólon e no reto, partes do intestino grosso. O risco de uma pessoa desenvolver esse tipo de câncer durante a vida é de cerca de 5%, sendo que, aproximadamente, 70% dos tumores aparecem no cólon e 30% no reto.

 

A maioria dos tumores tem origem em pólipos, pequenas elevações na parede do cólon ou do reto. Essas elevações crescem lentamente, o que permite que sejam identificadas e retiradas, através da colonoscopia, um tipo de exame, antes de se tornarem tumores malignos.

 

🔎 Sinais e Sintomas

Nos estágios iniciais, a doença, geralmente, não causa sinais e sintomas. Recomenda-se procurar seu(ua) médico(a), caso apresente um ou mais dos sintomas:

 

• Diarreia ou constipação;
• Sangramento ao evacuar;
• Anemia sem causa aparente;
• Desconforto abdominal, com gases e/ou cólicas;
• Sensação de intestino vazio;
• Vontade frequente de evacuar, mesmo com intestino vazio.

 

🔎 Prevenção
O câncer colorretal está relacionado a dietas não balanceadas, ricas em carnes vermelhas e processadas, e gorduras; sedentarismo; obesidade; tabagismo; e alcoolismo. Manter uma dieta balanceada e rica em frutas, verduras e vegetais pode diminuir o risco de desenvolvimento dos tumores. Atividades físicas auxiliam no controle do peso, principalmente entre os homens, que têm maior propensão para desenvolver esse tipo de câncer.

 

🔎 Tratamento
O tratamento das pessoas com tumores em estágios iniciais é menos agressivo e consiste na retirada do pólipo e das lesões, através de colonoscopia ou pequenas cirurgias com ressecções locais dos tumores. Em casos específicos, recomenda-se sessões de quimioterapia complementares (coadjuvantes). Quanto mais avançado o estágio do câncer, mais agressivo deve ser o tratamento, podendo ser necessárias radioterapia e quimioterapia, mesmo antes de procedimentos cirúrgicos.

 

Fonte: www.cremepe.org.br

 

O Sindicato da Alimentação de Piracicaba apoia essa causa! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

 

☎ (19) 3437-3700
📩 E-mail: sindicato@stiap.com.br
📌 Rua Morais Barros, 411 – Piracicaba – SP

 

⏰ Horário de atendimento:
Segunda a Sexta-Feira
08:00hs às 19:00hs
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Produzido por: Speak Mídia Comunicação!

(14) 98136-4626